::Naruto Shippuden UNS 3::


 
InícioPortalFAQBuscarMembrosRegistrar-seConectar-se
Boas,estamos voltando com o UNS 3 modo Full,mais noticias em breve ^^
Convidado Mensagens: 0
Alterar Informações Preferências Assinatura Avatar Ver Amigos & ignorados Tópicos supervisionados Rascunhos Tópicos favoritos Tópicos & Mensagens Mensagens Privadas Meus tópicos Tópicos que participa Minhas mensagens Últimos tópicos

Citação:
Seja nosso parceiro,adicione nosso banner em seu fórum e entre em contato com um de nossos administradores
Código:
<a href="http://narutouns.forum-livre.com/" target="_blank"><img src="http://img153.imageshack.us/img153/38/ypbd.gif" border="0"></a>
Venha se divertir no melhor Naruto RPG de todos!

Compartilhe | 
 

 Área de treino de Tager

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tager
Cidadão-Novato
Cidadão-Novato
avatar

Trofeus e Medalhas : Sem Troféus

Ficha do personagem
HP HP: 0
CH CH:
0/0  (0/0)
Stm Stm:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Área de treino de Tager   Sex Set 21, 2012 3:32 pm

Era um dia ensolarado em Konoha, o sol já estava em seu ápice, aumentando aos poucos a temperatura na vila. Eu estava dentro de casa, novamente observando alguns insetos que estavam em época de acasalamento, eles voavam em círculos, provavelmente esperando que a fêmea do grupo iniciasse o processo. No momento que estava compenetrado no que fazia ouvi batidas na porta do meu quarto, meu pai entrou, olhou o que eu estava fazendo e disse para mim:

- Tager vai ficar observando esses insetos o dia inteiro? Porque não sai e vai fazer alguns amigos?

Eu olhei para meu pai e disse ajeitando meus óculos:

- Não obrigado pai. Nós do clã Aburame não somos muito de fazer amizades. O senhor melhor do que ninguém sabe disso, sabe que somos introspectivos.

Meu pai me olhou por algum tempo e então disse:

- Você tem razão, realmente essa é uma característica bem marcante no nosso clã. Eu não deveria me preocupar tanto.

Ele começou a caminhar em direção a saída, porém, meu pai parou na frente da porta e disse sem me olhar:

- Tager, o que acha de começar a aprender as técnicas do nosso clã? Gostaria de treinar comigo?

Eu olhei para meu pai por algum tempo e então disse:

- Porque quer me treinar agora pai? Não consigo entender.

Meu pai me olhou e então respondeu:

- Bom, seus Kikaichus já estão bem crescidos, então, acredito que já consiga controlá-los. Não existe jeito melhor de saber se não treinando. O que me diz Tager?

Eu nunca poderia esperar aquilo de meu pai, ele que normalmente não tentava fazer muitas atividades comigo, agora estava se oferecendo para me treinar. Não entendia isso, eu amava meu pai, porém, essa não parecia ser uma atitude comum dele. Eu me levantei e então disse andando para perto de meu pai:

- O que estamos esperando então? Vamos lá!

Pela primeira vez meu pai esboçou um pequeno sorriso, então, ele me guiou para fora de casa e seguimos em direção a um campo de treinamento que somente ele conhecia. O campo de treinamento era grande, com muitas árvores em volta, esse era o motivo para somente meu pai conhecê-lo. O campo possuía alguns troncos cortados e fincados firmemente no chão, alguns bonecos feitos de palha e presos por fios de aço nos galhos das árvores e muitos outros equipamentos úteis para treinar. Ele me olhou e então disse:

- Gostou do lugar? É bem isolado, então, não se preocupe pois ninguém ira ver nossas habilidades e mesmo que vejam não poderão copiar já que são hijutsus.

Eu assenti com a cabeça e então comecei a andar pelo campo de treinamento, observando tudo a minha volta, então eu disse para meu pai:

- Tudo bem, vamos começar o treinamento então.

Meu pai ajeitou seus óculos e então disse:

- Tudo bem Tager, vamos começar, mas, primeiro, eu quero ver seus Kikaichus. Mostre-os para mim para eu ver o crescimento deles.

Ao ouvir aquilo eu fiquei com receio, nunca havia precisado mostrar meus únicos amigos para ninguém, na verdade, eu tinha medo de mostrá-los e eles acabarem sendo mortos, afinal, aqueles insetos parasitas eram os únicos amigos que tive desde que me entendia por gente. Tentando vencer o medo e o nervosismo eu estiquei meus braços para frente e então milhares de insetos começaram a sair dos meus braços e pernas, todos eles começaram a andar pelo meu corpo e, dentro de pouco tempo, eu estava totalmente coberto por eles, deixando apenas meu rosto a mostra. Meu pai olhou para meus amigos e então disse:

- Isso é muito bom, eles cresceram muito e parecem muito fortes e famintos. Acho que já podem aguentar o treinamento que irei passar para você hoje.

Eu estava um pouco temeroso quanto a esse treinamento, afinal, nunca havia treinado nenhuma técnica do meu clã, sempre ouvia falar muito delas, porém, nunca havia presenciado alguém do clã Aburame utilizando as técnicas. Meu pai se virou e então caminhou em direção a uma árvore da floresta que nos rodeava, fazendo um aceno com a mão para que eu o seguisse, ele dizia enquanto caminhava:

- Bom, acho que irei começar lhe ensinando o básico e depois irei aumentando a dificuldade. Não se preocupe filho, tenho certeza que você irá se dar muito bem. Eu sei que já consegue ouvir e falar com os insetos Tager e, embora você não saiba, essa é a primeira habilidade concedida a nós pelos nossos parceiros parasitas. Nossa simbiose é tão grande e oportuna que nos permite aumentar nossos poderes de maneira notória.

Ao chegarmos na árvore meu pai olhou para mim e então disse:

- Nessa árvore eu irei te ensinar a primeira técnica do nosso clã, ela se chama Hijutsu Mushiyose. Essa técnica é bem simples e tenho certeza que não irá demorar para aprendê-la, ela é muito útil para nós, pois a maioria dos aburames são excelentes espisões. A técnica, basicamente, consiste em se criar uma pequena teia de chakra em qualquer superfície com as mãos, então, todos os insetos que estiverem no raio de cobertura dessa teia de chakra irão se aproximar de nós e, através da nossa habilidade passiva, podemos conversar com eles e extrair informações valiosas e que podem ajudar e muito em missões. Agora tente você Tager, a algum tempo eu escondi algo nessa floresta, eu quero que use essa técnica para poder extrair informações dos insetos que aqui vivem e então, quero que me diga o que eu escondi e onde eu escondi.

Eu assenti enquanto ouvia atentamente cada informação passada por meu pai. Eu recolhi meus insetos para dentro de meu corpo novamente e então,seguindo as informações de meu pai, eu encostei minha mão no tronco da árvore e então liberei meu chakra, com um pouco de dificuldade eu comecei a moldá-lo na forma de uma pequena teia, porém, ao pegar o jeito da coisa, eu comecei a executá-lo sem maiores problemas, então, eu vi alguns insetos, como aranhas, lagartas e borboletas, se aproximando de mim e encostando em meus dedos, nesse momento eu pude ouvir e falar com cada uma delas, então, comecei a perguntar sobre o objeto que meu pai havia escondido na floresta, então, após alguns minutos, eu liberei o jutsu e então fui andando para dentro da floresta, após algum tempo eu voltei com um embrulho e então disse para meu pai:

- Isso foi o que o senhor escondeu no meio da floresta, os insetos me disseram que o senhor o escondeu de manhã. É uma roupa nova, feita sob medida para mim.

Meu pai ajeitou os óculos e então disse:

- Excelente meu filho, você aprendeu a utilizar a Mushiyose perfeitamente, não foi difícil foi?

Eu respondi acenando negativamente com a cabeça. Então meu pai olhou para cima e então disse:

- Muito bem, eu lhe ensinei uma técnica que não depende exclusivamente dos seus insetos, isso é muito bom, pois um ninja do nosso clã não deve se apoiar a todo momento em seus kikaichus. Agora vou lhe ensinar técnicas que precisam deles, essas serão um pouco mais complicadas, então, preste atenção.

Eu fiquei de olhos e ouvidos abertos enquanto via meu pai subindo em uma árvore e se apoiando em um grosso galho de árvore com apenas uma mão, então, pouco a pouco, os insetos dele começaram a sair de seu corpo e, pouco a pouco, começaram a formar uma grossa camada ao redor do corpo de meu pai, eles até mesmo formaram uma estrutura capaz de sustentar todo o peso de meu pai, então ele soltou-se do galho, ficando preso apenas pelo pilar feito de seus insetos. Ele ficou totalmente coberto, deixando apenas seu rosto de fora, ficou desse jeito por algum tempo e então recolheu seus insetos de volta para dentro de seu corpo, desceu da árvore e então disse caminhando em minha direção:

- Essa técnica se chama Ningen Mayu no Jutsu e consiste em fazer uma espécie de casulo humano com seus insetos parasitas, a técnica é bem simples, porém, muito útil quando você precisa espionar algo ou alguém e também pode ser útil para dormir, já que os insetos tornam o casulo impermeável. Agora é sua vez Tager, suba na árvore e tente executar o jutsu.

Eu fiz exatamente como meu pai havia me pedido, eu estava um pouco nervoso, pois, era a primeira vez que usava meus kikaichus para algo assim. Subir na árvore foi fácil, porém, concentrar chakra nas mãos para me manter preso em um galho foi um pouco difícil, eu cai algumas vezes por não me concentrar o suficiente para me manter no galho, porém, após várias tentativas frustradas, eu consegui me fixar no galho perfeitamente, então, ordenei que meus insetos saíssem de meu corpo e começassem a executar o jutsu do casulo humano, pouco a pouco eles foram saindo, começaram a se agrupar em volta de mim e então, dentro de pouco tempo, criaram o pilar de sustentação, nesse momento eu retirei minha mão da árvore e me deixei sustentar apenas no pilar dos meus insetos. Enquanto eles cobriam meu corpo meu pai dizia para mim lá debaixo:

- Isso Tager, confie em seus insetos. Eles são seus melhores amigos, eles nunca te deixarão morrer, mesmo que eles morram, eles irão tentar te salvar.

Dentro de pouco tempo eu estava completamente coberto, não sentia frio, somente o calor que meus insetos compartilhavam comigo, então, eu ordenei que eles voltassem para dentro de meu corpo e assim foi feito. Eu desci da árvore e então meu pai disse:

- Muito bem, você aprendeu mais um jutsu Tager. Agora vamos começar a dificultar as coisas, vamos usar seus insetos para ataque e defesa ao invés de apenas suporte. Eu irei ensiná-lo a técnica dos clones de insetos e o do domo de insetos.

Então meu pai ficou algum tempo me ensinando os jutsus e como executá-los. Eu fiquei um tempo muito longo para aprender a usá-los com perfeição, pois, essas técnicas eram difíceis e exigiam mais concentração e controle dos kikaichus do que qualquer outra técnica que eu já havia tentado. Suor se acumulava e escorria do meu rosto quando eu terminei de treinar meus jutsus, então meu pai disse:

- Agora que aprendeu essa técnica, está na hora de usá-la. Você irá lutar contra mim aqui e agora, venha com tudo, pois, eu não irei me segurar. Use o que aprendeu aqui se possível.

Então nós nos afastamos e, ao mesmo tempo, corremos um em direção ao outro, eu lancei em meu pai algumas shurikens, shurikens essas que ele desviou facilmente, então ele me arremessou algumas kunais, eu dei um salto para o lado e consegui desviar facilmente, porém, o que eu não havia percebido era que ele havia colocado ao meu redor kunais com selos explosivos, então eu pensei enquanto via as tarjas queimando e já muito próximo de explodirem:

"Essa não, preciso usar essa técnica agora!!!"

As kunais explodiram e causaram um grande estrondo, porém, graças a floresta, o som havia sido abafado de maneira que ninguém pode ouvi-lo. Por sorte eu havia conseguido utilizar o meu Mushi Kame no Jutsu a tempo suficiente para escapar das explosões. Alguns dos meus insetos caíram mortos por causa das explosões, eu me senti mal por eles terem morrido para me salvar, porém, meu pai disse enquanto me atacava de maneira incansável:

- Não chore por eles Tager, eles cumpriram seu papel ao te protegerem. Eles são amigos leais, porém, a sua vida é mais importante, pois sem ela, eles também não existiriam. Os Kikaichus sabem disso e por esse motivo eles se sacrificam. Agora concentre-se na batalha!!!

Eu parei de lamentar a perda de meus insetos e aceitei os fatos, após isso, pude me concentrar mais na luta. Meu pai havia me pegado em uma armadilha feita por ele, então ele disse com a kunai muito próximo do meu pescoço:

- Deveria treinar mais meu filho, essa luta terminou rápido demais.

Porém, para surpresa de meu pai, aquele que supostamente era eu acabou por desfazer-se e se mostrou ser apenas um clone feito dos meus insetos, outra habilidade que meu pai havia me ensinado, então, saindo de trás de uma árvore, eu corri na direção de meu pai e estava perto de acertá-lo quando ele se desfez em uma nuvem de insetos parasitas. Eu parei e fiquei observando ao redor, então meu pai saiu de trás de uma outra árvore e disse para mim:

- Muito bem Tager, você soube utilizar as técnicas que te ensinei de maneira espetacular. Agora só falta mais uma técnica e então poderemos ir para casa.

Então eu me sentei junto de meu pai e ele me ensinou a técnica Hijutsu Mushimayu. Essa técnica, segundo meu pai, era usada para acelerar o crescimento e desenvolvimento dos insetos parasitas, através de uma doação maior de chakra, isso fazia com que insetos sobreviventes a um determinado ataque pudessem se reproduzir e gerar filhos imunes a habilidade que fez seus pais quase morrerem. Não era tão complicado quanto parecia e logo eu fiz dois insetos, um macho e uma fêmea, crescerem e gerarem filhos capazes de resistir as explosões dos selos. Já estava quase anoitecendo quando voltamos para casa, eu estava feliz, não porque havia aprendido técnicas poderosas e muito úteis, mas, porque eu havia passado um bom tempo com meu pai, isso era muito raro de acontecer. Então muito cansados e sujos nós dois voltamos para casa. Ao chegar em casa eu tomei banho, comi minha refeição e logo fui para meu quarto, para descansar do árduo dia que eu tive. Enquanto esperava para pegar no sono eu observava um inseto parasita meu na ponta de meu dedo, de fato, após o treinamento de hoje, ele parecia um pouco mais forte e, até mesmo, maior em comprimento, parecia que treinar havia desenvolvido não apenas a força deles mas o seu tamanho também, pois, suas asas estavam maiores. Eu olhei para a lua do lado de fora da janela, ela brilhava com uma intensidade que eu jamais tinha visto antes, eu estava feliz, pela primeira vez não me sentia sozinho, era como se esse dia valesse por todos os outros dias que eu já havia tido. Pouco fiz depois disso, apenas virei para o lado e adormeci logo em seguida. Eu tive um sonho um pouco conturbado, nele, eu era incapaz de controlar meus insetos e isso se tornou letal para mim, pois, eu estava em uma batalha contra o Hokage, porém, eu não sabia o porque, aquilo era assustador, não poder contar com meus amigos. Eu acordei bastante eufórico e fiquei feliz por ser apenas um sonho, então, voltei a dormir e dessa vez o sonho foi mais tranquilo e suave, dando alguns suspiros felizes enquanto me deixava novamente ser levado ao mundo dos sonhos.

Jutsus aprendidos:
 

Hijutsu do clã:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Natsu Ichiraku's
ANBU Ne | Jounin de Elite | Onnin | Sannin
ANBU Ne | Jounin de Elite | Onnin | Sannin
avatar

Nanhum
Trofeus e Medalhas : Sem troféus

Ficha do personagem
HP HP: 2100
CH CH:
1800/1800  (1800/1800)
Stm Stm:
300/300  (300/300)

MensagemAssunto: Re: Área de treino de Tager   Sex Set 21, 2012 9:01 pm

Aceito
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tager
Cidadão-Novato
Cidadão-Novato
avatar

Trofeus e Medalhas : Sem Troféus

Ficha do personagem
HP HP: 0
CH CH:
0/0  (0/0)
Stm Stm:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: Área de treino de Tager   Sab Set 22, 2012 6:40 pm

O dia chegou rápido naquela manhã, eu levantei contra a minha vontade pois eu estava muito cansado ainda. Fazia apenas alguns dias que eu havia saído da vila para realizar uma missão e havia retornado a pouco tempo. Eu olhei para o sol em seu ápice no céu azul, então eu pensei:

"Droga, será que já é tão tarde assim?"

Então eu me levantei e segui em direção a cozinha, minha mãe estava preparando o almoço, porém, eu não estava com fome, por incrível que possa parecer. Ela me olhou com uma expressão preocupada e então perguntou se estava tudo bem, tudo que eu fiz foi acenar positivamente com a cabeça, então eu decidi que iria treinar um pouco, então eu peguei o meu equipamento ninja e sai em direção ao campo de treinamento secreto de meu pai. Ao chegar lá percebi que ele estava intacto, meu pai não havia tido tempo para treinar, então, o campo estava completamente inalterado desde a última vez que fui ali. Eu então preparei alguns bonecos de palha e então liberei meus kikaichus do meu corpo, então, controlando eles, eu os fiz atacar meu oponente com uma chuva de insetos parasitas, porém, fora apenas um ataque de frente, então eu pensei:

"Se fosse um inimigo de verdade, com certeza iria desviar do meu ataque. Tenho que pensar em um jeito de impedir que o inimigo destrua meus insetos e ao mesmo tempo dificultar a esquiva dele!!"

Um tempo se passou durante o treinamento, eu já começava a suar, porém, estava fazendo progresso. Agora, com os bonecos em movimento, eu fazia meus insetos atacarem os mesmos com movimentos circulares e irregulares, dificultando a esquiva e um possível contra ataque, parecia que estava funcionando muito bem, pois os ataques estavam pouco a pouco se tornando rápidos e letais. Após um exaustivo treinamento eu voltei para casa, enquanto eu voltava eu pensei:

"Irei batizar essa técnica de Bosui no jin. Espere até meu pai ver como aperfeiçoei minhas habilidades com meus kikaichus."

Então eu peguei o caminho mais rápido para fora do campo de treinamento e fui embora em direção a minha casa.

Jutsus aprendidos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tager
Cidadão-Novato
Cidadão-Novato
avatar

Trofeus e Medalhas : Sem Troféus

Ficha do personagem
HP HP: 0
CH CH:
0/0  (0/0)
Stm Stm:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: Área de treino de Tager   Seg Set 24, 2012 10:22 pm

Outro dia chegou, eu já estava acordado, havia demorado para dormir pois quando estava muito cansado eu nunca conseguia dormir bem. Eu fui na cozinha tomar um pouco de água e no caminho acabei encontrando com meu pai, ele me olhou e então disse:

- Você parece cansado Tager. Não dormiu bem?

Eu olhei meu pai e então disse enquanto ainda descia as escadas para ir até a cozinha:

- Sim, eu dormi muito pouco pai. Eu não consigo dormir muito bem quando estou muito cansado, mas, é inevitável, já que eu preciso me fortalecer e aprender rapidamente os jutsus do nosso clã.

Meu pai me observava atentamente quando eu disse isso, então ele disse:

- Entendo. Mesmo assim Tager você deveria descansar um pouco, parar e relaxar talvez. Treinar tanto tempo assim pode ser prejudicial para você e seus kikaichus.

Eu assenti com a cabeça para meu pai. Eu tomei um pouco de água e comi algumas frutas que estavam sobre a mesa, então eu olhei para meu pai e disse:

- Pai, será que poderia me ensinar um jutsu do nosso clã hoje?

Meu pai me olhou por alguns instantes e então disse:

- Tager tem certeza? Você parece bem cansado e isso pode ser perigoso meu filho.

Eu disse para meu pai enquanto me arrumava:

- Não se preocupe, eu estou bem. Não vai acontecer nada demais pai.

Mesmo sabendo que era mentira, meu pai aceitou meu pedido e então nós fomos em direção ao nosso campo de treino. Assim Que chegamos ao campo meu pai prepara um boneco de palha e então diz para mim:

- Preste atenção Tager, esse jutsu não é complicado e pelo seu atual nível você poderá aprender facilmente.

Então meu pai liberou seus kikaichus, fazendo os insetos cobrirem o boneco de palha de baixo para cima, pouco a pouco, os insetos parasitas começam a cobrir todo o corpo do boneco, até que o mesmo desaparece por causa da enorme quantidade de insetos que estavam ao seu redor. Após isso meu pai olhou para mim e dizia enquanto seus kikaichus voltavam para dentro de seu corpo:

- O nome dessa técnica é mushidama. É uma técnica muito útil para acabar com a luta rapidamente, porém, você deve ter em mente que essa técnica pode ser facilmente percebida pelo inimigo, então, procure utilizá-la quando o inimigo não estiver distraído.

Então chegou minha vez de praticar o jutsu e, de fato, o jutsu era mais simples do que eu imaginei, uma vez que eu já tinha controle sobre meus insetos parasitas, utilizar a mushidama foi simples, então eu acenei para meu pai, que foi embora após me ensinar um dos últimos jutsus que ele sabia do nosso clã. Eu estava sozinho ali e precisava de um jutsu além dos meus insetos, então eu pensei em algo sugestivo, utilizando linhas em shurikens eu comecei a controlá-las com meus dedos, eu treinei essa técnica durante muito tempo e após conseguir utilizar a técnica com perfeição eu sai do campo de treinamento e fui embora para casa.

Jutsu aprendido:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Natsu Ichiraku's
ANBU Ne | Jounin de Elite | Onnin | Sannin
ANBU Ne | Jounin de Elite | Onnin | Sannin
avatar

Nanhum
Trofeus e Medalhas : Sem troféus

Ficha do personagem
HP HP: 2100
CH CH:
1800/1800  (1800/1800)
Stm Stm:
300/300  (300/300)

MensagemAssunto: Re: Área de treino de Tager   Ter Set 25, 2012 5:14 am

Aceito
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Área de treino de Tager   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Área de treino de Tager
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Hora do treino. A Rota 2
» — Maze Runner (Treino Trimestral: Perséfone, Hades, Melinoe, Thanatos)
» • The Prism - Treino Coletivo para filhos de Afrodite, Eos e Íris - Terceiro Trimestre de 2014 •
» Treino - Jeremy Gilbert, Dorothea e Evelyn Reynolds.
» Filler/Treino 11 [Saga Ultimate] - Madeira

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
::Naruto Shippuden UNS 3:: :: Tópicos antigos :: Area de treino-
Ir para: